domingo, 12 de setembro de 2010

(PN Itatiaia) Cachoeiras

Cachoeira Véu da NoivaAcordamos não tão cedo. Embora eu quisesse ter dormido mais, passar o domingo no hotel não era uma opção. Então tomamos um café da manha reforçado, colocamos todas as coisas na van e seguimos para a parte baixa do Parque Nacional de Itatiaia (em Visconde de Mauá) para conhecer as cachoeiras. Programa bem mais tranquilo que o dia anterior.

Demoramos quase 1h30 para chegar, de van, até o estacionamento dentro do parque. Deixamos a van e percorremos a pé os 260m restantes até a cachoeira Véu da Noiva (foto). Com uma queda de 40m, essa cachoeira é mais para ser contemplar do que para nadar, pois a pequena piscina que se forma é rasa e cheia de pedras. Entre fotos e banho, ficamos durante 1h.

Voltamos para o estacionamento (alguns aproveitaram para pegar um lanche na van) e seguimos por 15min (520m) para a Cachoeira Itaporani. O caminho é bem mais estruturado, com passarela e corrimão, que deixa evidente a maior procura pelos visitantes. Embora as 3 quedas d’água sejam baixas e não chame muito a atenção, elas formam uma bela e funda piscina natural, com águas esverdeadas. Alguns se aventuraram a nadar na água verde e gélida da piscina natural, outros ficaram nas pedras ao redor olhando e tomando sol e alguns resolveram explorar os arredores e conhecer as próximas quedas. Por fim, ficamos nessa cachoeira quase 2h.

Às 17h20 saímos do parque e pegamos a estrada de volta para São Paulo. Por precaução, fomos todos em comboio até o Clube dos 500. Fizemos um lanche, nos despedimos dos que não iriam até a rodoviária do Tietê e seguimos viagem. Chegamos às 20h e de lá dispersamos, cada um para sua casa, cansados e satisfeitos. Mas 6 persistentes ainda tinham fome e disposição suficiente para um rodizio de comida japonesa, e chegaram em casa somente 2h depois.

Quem estava:

Picasaweb + fotos