quarta-feira, 2 de novembro de 2011

(Foz do Iguaçu) Dia 05: La Ultima Parrilla

Finalmente um dia sem compromisso ou horário para acordar. Saímos da cama só às 10h e, aproveitando a manhã de sol, fomos tomar café no jardim do hostel.

Como ainda não havia motivo nem vontade para deixar a Argentina e seus preços convidativos (graças ao câmbio) para trás, saímos para um passeio pela cidade. Depois de caminhar um pouco, paramos em uma das poucas opções de estabelecimentos que encontramos aberto. Sentamos no Naé Pizza Pub e, para fugir do calor, conseguimos uma sombra confortável e uma Quilmes Red Lager gelada. Ficamos lá por mais de 1h, olhando o pouco movimento nas ruas e esperando a hora de almoçar.

Carne ArgentinaÀs 12h, já com fome, fomos almoçar no Quincho del Tio Querido, tido como uma das boas opções da cidade. Era 12h30 quando nos sentamos e só havia 1 mesa ocupada. Pedimos uma Morcella de entrada (que veio fria e não estava boa) e Bife Ancho (que estava bom, mas nada demais - foto), dessa vez sem vinho.

Voltamos para o hostel às 14h00, pegamos nossas coisas e fomos para a rodoviária pegar o ônibus para voltar ao Brasil. Às 15h estávamos no Your Place Hostel, em Foz do Iguaçu. Entramos, deixamos nossas coisas para ir à Cuidad del Este, no Paraguai. Como já era tarde, a ideia não era comprar nada, mas conhecer o lugar. Às 15h40 chegamos na Ponte da Amizade e, como não havia nenhuma fiscalização, atravessamos sem perda de tempo. Às 15h50 já estávamos em solo Paraguaio, e então pude constatar que tudo o que eu imaginava era verdade: parecia a Rua 25 de Março, só que pior, mais sujo e mais perigoso.

Desorganização, gente mal encarada, becos fedorentos e MUITO lixo por todos os lados. É logico que dentro das grandes lojas, como Monalisa e Casa China tudo é limpo e organizado, mas os preços não são tão maravilhosos se comparados ao MercadoLivre, e nem de perto aos dos EUA. Resumo: ficamos apenas 30min, não compramos absolutamente nada e voltamos com a sensação de tempo jogado fora.

Como nosso voo de volta para São Paulo sairia na madrugada, resolvemos dormir cedo. Reservamos um taxi e nos ocupamos apenas em deixar as coisas prontas. Dormimos de 21h até 4h, quando então fomos para o aeroporto. Nosso voo decolou as 5h, fez escala em Curitiba (CWB) e seguiu para Guarulhos (GRU), onde aterrizou às 9h. De lá, já fui direto para o trabalho, com a bateria renovada, mas com muito sono.

Informações Locais:
  • Quincho del Tio Querido: esquina da Av. Pte J. D. Peron com Caraguata. Tel: +54 3757 420151. Comida boa e ótimas mesas externas. Costuma lotar à noite.
  • Naé Pizza Pub: Perito Moreno 290. Tel: +54 3757-422776. Abre cedo e fecha tarde. Tem cerveja bem gelada (o que não é muito comum em Puerto Iguazu) e agradáveis mesas externas.
Quem estava:
Picasaweb + fotos