quarta-feira, 29 de julho de 2009

(Estrada Real 2009) Dia 04: Sabará

PassosAcordei às 9h, depois de uma longa e revigorante noite de sono. Arrumamos as coisas sem pressa e fomos na rodoviária, para ir o quanto antes para Sabará. Mas por pura bobeira, esperamos por 1h no ponto de ônibus errado!

Finalmente tomamos o ônibus para Sabará e chegamos lá às 13h, com apenas 1h de viagem. Nos hospedamos na Pousada dos Sepulvedas, instalada em um antigo casarão colonial no alto do centro histórico. Rapidamente deixamos as coisas no quarto e saímos para conhecer a cidade.

Começamos visitando o Museu do Ouro (bem completo e interessante), a Igreja das Mercês (que estava em restauração), a peculiar Igreja do Rosário, a Casa da Ópera, a Igreja de S. Francisco e a Igreja do Carmo (com bela obra de cantaria - foto). Voltamos para a pousada só às 17h para descansar e tomar um café da tarde.

Às 20h fomos jantar no restaurante 314 Sabarabuçu. Lá nos encontramos com o Ângelo, um entusiasta local e profundo conhecedor da historia de Sabará e da Estrada Real. Tivemos uma verdadeira aula de historia e ótimas dicas sobre o caminho que percorreremos no dia seguinte.

Voltamos para a pousada às 23h, depois de jantarmos “O Caminho do Sabarabuçu”: um delicioso prato temático, vencedor de concursos e de ter conhecido melhor a lenda que motivou tudo! Acabamos dormimos só às 0h30, empanturrados!

Informações locais:
  • Pousada dos Sepulvedas: R. Intendência, 371, Centro - Tel: (31) 3671-2705 (apartamento duplo: R$90, excelente café da manhã)
  • Restaurante 314 Sabarabuçu: R. D. Pedro II, 326, Centro - Tel: (31) 3671-2313

Quem estava:
Picasaweb + fotos