quinta-feira, 31 de julho de 2008

(Estrada Real 2008) Dia 14: Horto dos Contos

Horto dos contosSaímos quase 9h e, embora a névoa sobre Ouro Preto já tivesse se dissipado, ainda estava frio. Pegamos um ônibus até a rodoviária (R$1,40) e fomos percorrer o Horto dos Contos (foto) desde o alto. Todas as recomendações não foram exageradas: o caminho é muito bonito, cheio de vistas panorâmicas da cidade e demorou apenas 1h30.

Aproveitamos que estávamos novamente na parte baixa e fomos até a Estação Ferroviária de Ouro Preto para visitar com calma e sem muito movimento o museu lá instalado. Demoramos pouco mais de 1h e na volta aproveitamos para pegar a roupa limpa (R$2,00/kg) antes de subir de volta até a pousada.

Almoçamos no Restaurante Casa dos Contos (e se o preço fosse a metade, ainda não teria valido a pena!) e depois fomos visitar o Museu da Ciência e Técnica (R$2,50/estudante) e ficamos lá por 2h30 e mesmo assim não conseguimos ver tudo (a parte de Mineralogia é muito ampla)! Quando o museu fechou, as 17h00, fomos à Casa dos Contos (R$1,00/pessoa; estudante NÃO paga meia!) e tivemos apenas 50min para ver tudo, que não foi suficiente. Voltamos para a pousada as 18h15, morrendo de frio, tomamos banho e fomos dormir novamente sem jantar.

Informações locais:
  • Restaurante Casa dos Contos: R. Camilo de Brito, 21 - Tel:(31) 3551-5359 - (R$30,00/pessoa)

Quem estava:
Picasaweb + fotos
Picasaweb + fotos