sábado, 11 de dezembro de 2010

(Turquia) Dia 08: Cappadocia

A noite no ônibus foi longa e gelada (temperatura externa de 0°C)! Dormir só não foi impossível por causa do cansaço acumulado. Durante a madrugada, geou e o motorista foi forçado a fazer 2 paradas não planejadas. Chegamos a Göreme às 8h e fomos recepcionados por um chuva chata, que mal molhava a rua.

Como Göreme tem pouco mais de 2.000 moradores, o ônibus parou em Nevşehir (a maior cidade da região) e de lá seguimos de van por 20min até o centro do povoado. Como a van estava vazia, o motorista nos deixou na porta do albergue Cave Hotel – uma autêntica moradia troglodita transformada em albergue.

Deixamos as coisas, colocamos roupas mais quentes e saímos para conhecer o tão esperado Parque Nacional da Cappadocia. Há 3 opções de passeios, e escolhemos fazer o tour (vermelho - 50TL) pela região norte, primeiro.

O tempo não estava ajudando: choveu a manhã inteira, a visita ao Vale das Fadas foi adiada e o passeio pelas montanhas esculpidas do Museu a Céu Aberto foi quase impossível devido ao piso molhado. Ainda assim, visitamos todos os lugares possíveis. Conseguimos ver as pinturas e cavernas milenares, mas o acesso ao Castelo Uçhisar estava interditado. Ficamos apenas 1h no museu e já estávamos tão molhados que, apesar da imponência do local, ir embora (e sair da chuva) foi um alivio.

Vale dos PombosSeguimos então para o Vale dos Pombos (foto), mas chegando lá a chuva estava forte e não ficamos muito tempo. Redirecionamos nosso passeio para Avanos: uma região de olaria desde a época dos Hititas. Embora seja relevante do ponto de vista histórico (por ser uma das mais antigas do mundo), não achei muito interessante.

Quando saímos, a chuva havia parado e as roupas tinham secado (no corpo mesmo). Fomos então ao Vale da Imaginação (Devrent Valley) e ao Vale das Fadas (Fairy Valley) que havíamos pulado anteriormente. Só então pudemos ver a paisagem inusitada que a região ostenta. Sem dúvida uma das mais peculiares do planeta!

Anoiteceu às 17h, mas só voltamos para o albergue às 18h. Tomamos banho e resolvemos não sair para comer. O frio de -1°C e a garoa que caia eram argumentos suficientes para ir dormir cedo e se recuperar das seguidas noites mal dormidas. Por volta de 20h caímos no sono, torcendo para o tempo melhorar.

Informações locais:
  • Cave Hotel: Uzundere Cadd, 37, Göreme - Tel : +90 (384) 271-2479 - alojamento: 10€ - banho quente, café da manhã.

DICAS:
  • Evite a Rose Tour! Cobram antecipado e não reembolsam em caso de impossibilidade de saídas devido ao mau tempo. Para completar, os veículos que eles utilizam nos passeios estão em pessímas condições.
  • O tour vermelho pode ser feito a pé, sem a necessidade de guia. Começando cedo haverá tempo para visitar todas as atrações, caminhando por uma região única! Eu não fiz, mas vi várias pessoas fazendo.

Quem estava:
Picasaweb + fotos